#210 Não Aceitamos Devoluções (2013)

imageDivertido em seu início, longo durante o meio e com um final inesperado.

O conquistador Valentin (Eugenio Derbez) tem sua vida virada de cabeça para baixo quando uma de suas conquistas apareceu com um bebê recém-nascido em sua porta e desaparece dando como desculpa que vai pagar o táxi. Ele parte para os EUA em busca da mãe e acaba se tornando um pai solteiro, vivendo em Los Angeles como dublê de atores.

O filme tem vários personagens caricatos e estereotipados que incomodam, desde a mãe arrependida à velhinha que contrata os serviços dele para tarefas cotidianas e relegadas aos latinos.

Foi nesses estereótipos que percebi a intenção do diretor, que me fez acreditar que ela é totalmente intencional, para ressaltar como os mexicanos são vistos e tratados pelos americanos. Se justificando com esse exagero, é compreensível o sucesso do filme nos cinemas ianques, por mostrar um latino que vence o branco.

A atriz que faz a filha é de um carisma apaixonante.

Curiosidade. A produção se tornou a maior bilheteria de um filme mexicano nos EUA e a quarta maior bilheteria de um filme estrangeiro no ranking geral, atrás apenas do O Tigre e o Dragão, A Vida é Bela e Herói.

Nota do público: 7.6 (IMDB)
Nota dos críticos: 55%(Rotten Tomatoes)

Bilheterias
EUA – $44 milhões
Mundo – $99 milhões


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s