#134 Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo (2010)

Príncipe da PérsiaNada como um puro entretenimento para assistir quando se está com a cabeça cheia.

Esta produção oferece exatamente isso. Se o início parece meio despropositado, levando a questionar o por que de um ataque a uma cidade vizinha sem motivo aparente, ao longo do tempo o roteiro vai esclarecendo os motivos.

Baseado num jogo de videogame dos anos 80, esta obra foi levada aos cinemas pelo mesmo produtor do Piratas do Caribe, em busca de uma nova franquia. O resultado nas bilheterias não foi o esperado e as sequências foram engavetadas.

Jovem príncipe (Jake Gyllenhaal) é acusado de envenenar seu Rei e foge com a ajuda da princesa Tamina (Gemma Artenton), para provar sua inocência. Esta quer recuperar a adaga que está na pose do seu parceiro de fuga e que tem poderes mágicos.

Divertido para assistir, mas esquecível e longe de ser perfeito. Não foi desta vez que Hollywood conseguiu acertar numa adaptação de um jogo para as telonas.

Curiosidade. O ator Jake Gyllenhaal, após a morte do seu amigo e também ator, Heath Ledger, decidiu não fazer mais filmes em que não acredita ou só com apelo comercial.

Nota do público: 6.6 (IMDB)
Nota dos críticos: 36%(Rotten Tomatoes)

Bilheterias
EUA – $90 milhões
Mundo – $336 milhões


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s